Principais candidatos a prefeito do Rio de Janeiro em 2020

A pandemia do novo coronavírus mudou o cenário do mundo todo, inclusive do Brasil. Na política as pesquisas eleitorais para as eleições municipais de 2020 ganharam novo rumo as eleições RJ 2020, colocando em disputa nomes já conhecidos para disputar a prefeitura da cidade. 

Para te ajudar a saber quais são os nomes mais cotados enquanto ainda não é divulgada a lista oficial de candidatos a prefeito de todos os partidos - o que deve acontecer até setembro  - segue um informe sobre os nomes mais fortes para a disputa em 2020. 





Cesar Maia (DEM)


O Ex-prefeito do Rio é formato em direito na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e tem rgistro na OAB. Sua vida política iniciou cedo, aos 23 anos, quando sub-prefeito da Barra/Jacarepaguá. 

Entre seus projetos está a construção da ciclovia da cidade na sua atuação como vereador em 1996, quando bateu o record de vereador mais votado no Brasil naquele ano. Pouco tempo depois, tornou-se deputado federal e autor do Projeto de Lei Complementarque instituiu um programa que facilita o regime tributário das microempresas e empresas de pequeno porte.

Além disso, também está em seu currículo a gestão da secretaria do Meio Ambiente, Secretaria do Turismo Esporte e Lazer e filiações por vários partidos ao longo dos anos 2000.

Marcelo Crivella (Republicanos)

Crivella já confirmou que tem intenções de se reeleger em 2020. O atual prefeito do Rio também foi senador em 2002, elegendo-se com 3,2 milhões de votos. Tentando aproveitar a onda de boa votação, em 2004, disputou turnos e mais turnos em sua carreira política. 

Entre os cargos que já ocupou está o de Ministro d Pesca no Governo Dilma. 

Martha Rocha (PDT)
A trajetória de Martha Rocha é na parte de segurança pública, aliada a Polícia Civil. Em 2007 comandava a delegacia de Campinho. Toda sua trajetória foi voltada para dentro da Polícia Civil, entrando muito jovem na corporação - com apenas 23 anos de idade. Participou de várias operações, mas também foi investigada por associação com milícias.Em 2011 foi considerada a primeira mulher da história a chefiar a Polícia Civil, onde destacou-se por projetos de proteção a violência contra a mulher. Na política, seu primeiro mandato foi em 2014, como deputada Estadual pelo PDT, sendo releita em 2018.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tempos verbais - O que é? Dicas de como usar e Exemplos

Climas do Brasil - Quais são e Características de cada um

Sustentabilidade ambiental - Porque é necessária?